O Litígio entre O Povo e a Velha política

O Litígio entre O Povo e a Velha política

Nas mais confusas sociedades e nos distantes povos organizados por um Estado, nunca houve na história um processo tão dilacerante entre a sociedade e a política.

De um lado, representando a política viciosa e corrupta, os atuais políticos, velhos conhecidos, que se jugam inocente por ter feito, mesmo que de forma criminosa, em pró de todos.  E no mesmo lado encontra-se aquela parcela da população conivente que aceita por entender que, estes mesmos diligentes do Estado, roubam! mais faz. Juramos que existe quem defenda e ou acredite na inocência, pobres inocentes, sendo julgados por um estado que gosta da carnificina política, é quase uma autofagia…

Do outro lado, apenas o povo que, politicamente não se sente representado por estes velhos, e que por ser velhos, deveriam ser sábios, porem demostram-se velhos loucos em busca de poder. O povo é vítima de um Estado que está se desintegrando, com um congresso podre, um “judiciário supremo” acovardado e doente, uma constituição ultrapassada, um direito penal decadente e um Executivo capenga. E neste litigio o povo pede divórcio da velha política, danos morais pela vergonha exposta, perdas e danos por causa do prejuízo ao erário e ao próprio povo.

Nesta disputa, vejo o próprio povo o seu Juiz, e com a abençoa de Deus em 2018 iremos tomar novos rumos fazendo justiça com o nosso voto. Faço parte do Povo e quero fazer parte da mudança por isso decidir fazer parte da nova política!!

Article by DAVID AZEVEDO
Pedreiro de Vocação - Arquiteto de Software - Estudante de Direito, Politica e Economia Facebook: davidazevedo30 Twitter: davidazevedo30 Direitista e Liberal Raposo Tavares, São Paulo davidazevedo30.com/biografia/ Participa desde outubro de 2017 Nasceu em 3 de novembro de 1984