Racistas defensores dos negros.

Racistas defensores dos negros.

Nunca recebi tantos ataques racistas em toda a minha vida como quando fiz o post:https://goo.gl/TFE1us

Fiz apenas uma exposição emotiva de tudo que penso e, expondo minhas ideias, virei: Preto idiota, Preto burro, Preto Ariano, Preto limitado, Preto Mauricinho, Capitão do Mato, Preto Nazista, preto sem Noção, Preto Racista. A única coisa de que não fui chamado foi de Preto Livre!

Sabem de onde veio toda essa bravata? Dos defensores dos negros, dos fracos e dos oprimidos, numa atitude muito similar ao que zumbi dos palmares fazia com os escravos que fugiam do quilombo, a diferença é que ele os matava.

A verdade é que, nunca saberemos as reais motivações do Zumbi dos Palmares, porém tenho certeza que havia subjugação do quilombo. O que adianta fugir da senzala e morar no quilombo se não há liberdade de fato? A problemática disto tudo está na questão da liberdade, ter liberdade não é fugir entre prisões, é ser livre, para viver e pensar, sem precisar responder a ninguém sob pena de morte. E o que sabemos, até agora, é que Palmares caiu. Zumbi não aceitou o acordo, levou a ferro e fogo, e o quilombo, quase centenário, foi massacrado!

 Síndrome do Quilombo dos Palmares. Viver sempre no quilombo. Hoje existe o quilombo ideológico: se você é negro te obrigam a seguir cegamente as diretrizes do movimento. Você é obrigado a estudar a cultura africana, seus ritos, as músicas,  os cultos, e a considerar quem eles querem como herói. Os anos passam, e o quilombo continua resistindo de forma errada, e se você tenta sair dele, mil pedras serão lançadas, e diferentemente de outrora, eles não irão te envenenar, eles envenenam a sociedade contra você.   

 Todo este aparato montado, agrava o conflito racial no Brasil. O Quilombo Ideológico, pensamento totalmente alinhado com o espectro político de esquerda, leva a uma divisão e um acirramento na sociedade. Por isso eu digo que, fugi da Senzala Ideológica mas não corri para Quilombo Ideológico,  por que não concordo com os meios que estão utilizando para combater o racismo, a falta de oportunidade e a intolerância. Eu sou Livre!

Article by DAVID AZEVEDO
Pedreiro de Vocação - Arquiteto de Software - Estudante de Direito, Politica e Economia Facebook: davidazevedo30 Twitter: davidazevedo30 Direitista e Liberal Raposo Tavares, São Paulo davidazevedo30.com/biografia/ Participa desde outubro de 2017 Nasceu em 3 de novembro de 1984