Municípios conforme áreas de recomendação para vacina febre amarela

Mapa de Áreas de risco - Febre Amarela

Postos de Saúde para tomar a vacina de Febre Amarela

SINTOMAS DA DOENÇA

SINTOMAS DA DOENÇA

     Caso você tenha viajado para alguma área de risco de transmissão no Brasil ou para Cidades do Estado de São Paulo, fique atento.

Os sintomas aparecem, geralmente, 3 a 6 dias após a picada do mosquito transmissor infectado, mas podem levar até 15 dias para ocorrerem.

  • febre de início súbito, calafrios;
  • dor de cabeça, dores nas costas, dores no corpo em geral;
  • náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza;
  • icterícia (coloração amarelada da pele e do branco dos olhos);
  • sangramentos.

Cerca de 20-50% das pessoas que desenvolvem doença grave podem morrer.

Importante: informe ao serviço de saúde se você viajou nos 15 dias anteriores ao início de sintomas e leve a sua carteira de vacina.

VACINAÇÃO

Quem deve se vacinar:

Quem não pode tomar a vacina:

  • Crianças menores de 9 meses de idade.
  • Pacientes com imunodepressão de qualquer natureza.
  • Pacientes com neoplasia (câncer).
  • Pacientes infectados pelo HIV.
  • Pacientes em tratamento com drogas imunossupressoras (corticosteroides, quimioterapia, radioterapia, imunomoduladores).
  • Pacientes submetidos a transplante de órgãos.
  • Gestantes*.

 *Gestantes, independentemente do estado vacinal, a vacinação está contraindicada. Na impossibilidade de adiar a vacinação, como em situações de emergência epidemiológica ou viagem para área de risco de contrair a doença, o médico deverá avaliar o benefício/risco da vacinação.

Fonte: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/vigilancia_em_saude/index.php?p=228496

Veja também:

Nota Informativa nº305/2016 sobre a Emissão do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia para Viajantes Internacionais.

Site da Saúde do Viajante da ANVISA 

Veja em 4 passos se você se enquadra na recomendação das autoridades de para a vacinação:

Febre amarela, entenda!

O que é a vacina fracionada?

É a vacina com um quinto de uma dose padrão (0,5 ml) para febre amarela, ou seja, 0,1ml. Ela será aplicada nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia para que seja possível ampliar a cobertura com as vacinas disponíveis.

Tira-se do frasco da vacina uma dosagem menor do que a habitualmente aplicada. Como informa o ministério, a diferença não está na capacidade de imunização, mas no tempo de proteção: a dose padrão é para toda a vida, já com a dose fracionada, a duração é de pelo menos 8 anos.

DE ONDE VEM AS INFORMAÇÕES?

Portal do Ministério da saúde com a lista de Municípios  Acesse Aqui!

Portal da Prefeitura

G1 Infográfico